Este site usa Javascript.
Portal do Governo Brasileiro
Festival incentiva filmes sobre cultura afro feitos nas escolas

Joo Neto MEC

Foi lançado nesta quarta-feira, 28, em Brasília, o festival Curta Histórias, que fomenta a produção de filmes curtas-metragens realizado nas escolas das redes públicas. A iniciativa tem como objetivo pensar a história da África e dos africanos no Brasil a partir da representação de crianças e adolescentes.

O festival busca promover a pesquisa e análise crítica de estudantes e professores sobre a influência africana no processo de formação nacional e da diversidade étnico-racial brasileira. 

De acordo com a secretária de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão do MEC, Macaé Evaristo, os curtas são uma forma de pensar a cultura e a história da África e dos afro-brasileiros a partir da visão das crianças. “Com este festival queremos trazer histórias, memórias, o dia a dia, as reflexões e os desafios das crianças e adolescentes brasileiros”, afirmou Macaé.

O Festival Curta Histórias é uma parceria da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi) com a Fundação Casa da Árvore, Unesco, Fundação Vale e a Fundação Telefônica e foca na participação de estudantes de escolas públicas vinculadas ao Mais Educação e ao Ensino Médio Inovador, e também nos beneficiários do Projovem.

A página do festival na internet entra no ar no dia 16 de setembro.

Diego Rocha

 

Palavras-chave: educação básica, Curta Histórias

© Ministério da Educação. Todos os direitos reservados | Desenvolvimento: DTI - MEC - Governo Federal