Portal do Governo Brasileiro

Educação implanta turma de ensino médio em comunidade quilombola de Arraias - TO

Quarta, 31 Janeiro 2018 15:10

prédio da seduc to

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

foto: Divulgação - Elias Oliveira

Uma antiga demanda da comunidade Quilombola Kalunga do Mimoso, do município de Arraias, foi atendida pelo Governo do Estado em 2018, com a implantação de uma turma de ensino médio na localidade tradicional tocantinense. A turma, inicialmente, funcionará como extensão da Escola Estadual Agrícola David Aires França, com as aulas sendo ministradas no prédio da Escola Municipal Eveny de Paula localizada na comunidade.

A unidade deverá iniciar as atividades no dia 1º de fevereiro, para 15 alunos matriculados na primeira série do ensino médio. As aulas acontecerão no período vespertino das 13h às 17h25.

Conforme a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), a demanda é uma solicitação da comunidade escolar de Mimoso, em busca de mais oportunidades de avançar nos estudos. A solicitação foi feita pelos professores da Universidade Federal do Tocantins (UFT) que desenvolvem um projeto na comunidade Mimoso. A abertura da turma foi autorizada pela Seduc no início deste ano e funcionará em parceria entre o Estado e município de Arraias.

"Os professores, a merenda e o transporte escolar serão de responsabilidade da Seduc. O município contribui com as merendeiras e o espaço físico", destacou a diretora regional de Educação de Arraias, Leila Maria Florêncio França.

Laurentina Santos é professora da comunidade Kalunga do Mimoso, Laurentina Santos destacou a conquista para a educação local. Segundo a educadora, o ensino médio irá atender não somente a alunos da comunidade, mas de localidades vizinhas. "A conquista da implantação do ensino médio na comunidade é de suma importância, pois vem a atender os anseios dos pais, alunos e a comunidade em geral. Nesse sentido é de grande valia para a Comunidade Quilombola Kalunga Mimoso que atenderá alunos da comunidade e vizinhança", disse.

Ainda conforme a professora, a implantação do ensino médio beneficia também os pais dos alunos, que podem ter a tranquilidade de ver os filhos dando continuidade na formação escolar sem precisar sair da comunidade. "Muitos pais querem seus filhos estudando, mas não tem condições financeiras de manter os mesmos em outro local. Portanto a implementação do ensino médio dará credibilidade à comunidade, aos alunos, pais e professores. Entretanto, mesmo havendo lutas na caminhada; quando lutamos por algo, quando sonhamos e com muita persistência os nossos sonhos, metas e objetivos, por mais difíceis que seja, são possíveis", completou.

Segundo a equipe do Programa Escola da Terra de Arraias, esta realização também se deve às induções do programa da universidade federal de Tocantins, campus Arraias cuja demanda foi encaminhada ao MEC/SECADI e pleiteada em eventos com participação da Coordenação de Educação do Campo do Ministério.

Saiba mais em: http://seduc.to.gov.br

 

 

Arvore
Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial
Fundação Cultural Palmares
Juventude Viva